Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Jovem é encontrada morta, ‘com pele do rosto, olhos e couro cabeludo arrancados’. “O corpo foi encontrado… Ver mais

Ana Caroline, 21 anos, tinha acabado de se mudar para o município de Maranhãozinho para morar com a namorada.

Ana Caroline Sousa Campêlo, 21 anos, foi encontrada morta com os olhos, a pele do rosto, orelhas e couro cabeludo arrancados. O crime brutal ocorreu no domingo (10/12), no município de Maranhãozinho, no Maranhão. O assassinato da jovem está sendo investigado pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI). Para ajudar a localizar os suspeitos, ouviram-se as testemunhas.

A Jovem Ana Carolina se muda para Maranhãozinho e Alegações de Lesbofobia

Portanto, a jovem tinha acabado de se mudar para Maranhãozinho para morar com a namorada. Contudo, movimentos feministas e da comunidade LGBTQIA+ apontam que a motivação do crime foi lesbofobia.

“Ana Caroline teve sua vida e seus sonhos interrompidos no último domingo por um homem desprezível e lesbofóbico que está ciente da impunidade masculina em casos de feminicídio contra lésbicas”, publicou a escritora Márcia Tiburi.

Todavia, uma vizinha de Ana Caroline contou à polícia que, pouco antes de desaparecer, viu a jovem com um homem de camiseta branca em uma moto.

A testemunha disse: “Esse homem colocou Ana Caroline no veículo, partiu para uma estrada vicinal que leva ao povoado Cachimbós, e lá, ele deixou o corpo, que foi encontrado posteriormente.”

Entretanto, um vídeo obtido mostra quando Ana Caroline passa de bicicleta pela Rua Nova Um, via que dá acesso à estrada para Cachimbós. Ao terminar a rua, a jovem lésbica vira à direita. O relógio registra 1h59 da madrugada.

Logo após a jovem lésbica seguir seu caminho, um homem vestindo uma camiseta branca aparece na gravação, repetindo o mesmo trajeto em sua moto.

Os familiares de Ana Caroline descobriram seu corpo posteriormente. Contudo, o local do trágico achado foi próximo à Rua Getúlio Vargas, situada a aproximadamente 300 metros do local onde ela teria feito a curva com sua bicicleta. Antes do doloroso encontro com o corpo de Ana Caroline, seus parentes se depararam inicialmente com sua bicicleta abandonada.

Seguindo uma decisão judicial, a Perícia Oficial do Maranhão exumou o corpo de Ana Caroline na terça-feira (16). A Polícia Civil, que fez o pedido de exumação, argumentou que sepultaram o corpo sem realizar qualquer exame criminalístico.

O corpo da jovem lésbica jazia em Centro do Guilherme (MA), cidade natal da vítima. A nova decisão judicial transportou os restos mortais para uma perícia mais detalhada em São Luís.

Leia mais: Bebê levado por tornado é encontrado vivo na copa de uma árvore… Ver mais

Comentários estão fechados.