Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Médico Morre Enquanto Jogava Futebol com os Amigos e o Motivo Comoveu a todos. “Ele sofreu um infa… Ver mais

Família informou que médico chegou a ser socorrido, mas não resistiu. Rodrigo Godoy deixou uma esposa e dois filhos.

No sábado, 10 de fevereiro, um médico endocrinologista de 41 anos, Rodrigo Godoy, morreu após passar mal enquanto jogava futebol com amigos em Anápolis, a 55 km de Goiânia. O vereador Frederido Godoy (SD), primo de Rodrigo, relatou que o médico teve um infarto fulminante.

 

Médico de 41 anos morre após ter infarto durante jogo de futebol em Goiás | CNN Brasil

Médico de 41 anos sofre infarto fatal durante partida de futebol com os amigos

Todavia, Rodrigo era conhecido por jogar futebol todos os sábados em um campo em Anápolis. No entanto, naquele sábado fatídico, Rodrigo sofreu o infarto nos primeiros cinco minutos da partida.

Apesar de ter sido prontamente socorrido no local, Rodrigo não resistiu e morreu ainda dentro do campo de futebol. A notícia chocou a todos os presentes, que não esperavam que um jogo amigável de futebol pudesse terminar em tal tragédia.

Frederido Godoy, ao lamentar a morte do primo, contou que passou o dia com Rodrigo antes do incidente. A família estava em choque, tentando processar a perda repentina.

Rodrigo, um médico amado e respeitado, era conhecido por sua paixão pelo futebol. No entanto, ninguém poderia prever que o jogo que ele tanto amava levaria à sua partida prematura. A família, agora, está unida na dor, tentando processar a perda repentina.

O Adeus a Rodrigo

Portanto, a família explicou que o corpo de Rodrigo seria sepultado na tarde do domingo seguinte, 11 de fevereiro, por volta das 15h, no cemitério São Miguel. Rodrigo deixou para trás dois filhos e uma esposa, além de familiares, amigos e pacientes, que sente profundamente a sua perda.

A morte súbita de Rodrigo serve como um lembrete sombrio de que a vida é imprevisível. Mesmo em meio a uma atividade prazerosa como um jogo de futebol, o inesperado pode acontecer. Nossos pensamentos estão com a família e os amigos de Rodrigo neste momento difícil.

Um infarto, também conhecido como ataque cardíaco ou infarto agudo do miocárdio

É uma condição médica grave que ocorre quando o fluxo de sangue para uma parte do coração é bloqueado, geralmente por um coágulo de sangue. Isso pode danificar ou destruir parte do músculo cardíaco devido à falta de oxigênio.

O infarto é causado principalmente pelo acúmulo de placas de gordura nas artérias que fornecem sangue ao coração. Essas placas de gordura, chamadas ateromas, podem obstruir as artérias e, se um coágulo de sangue se formar em cima de uma placa, pode bloquear completamente o fluxo de sangue.

Os sintomas de um infarto incluem dor aguda no peito, náuseas, vômitos, sudorese e falta de ar. É crucial buscar atendimento médico imediato ao primeiro sinal de infarto, pois o tratamento rápido pode minimizar o dano ao músculo cardíaco.

Infelizmente, um infarto pode ser fatal. Na população jovem, o infarto miocárdico costuma ser fulminante, ou seja, pode levar à morte nas primeiras horas, sem muitas possibilidades de salvamento ou tratamento complementar. Isso ocorre porque as placas de gordura mais novas são mais propensas a rachar, levando à formação de coágulos de sangue que podem obstruir a artéria.

A memória de Rodrigo, seu amor pela vida e sua dedicação à medicina, continuará a viver nos corações de todos que o conheceram.

Leia mais: Hábitos comuns podem ajudar a prevenir o Câncer de Colo de Útero. Saiba Mais

Comentários estão fechados.