“O diabo está aqui”: Variante californiana é mais transmissível e letal

Há um ano ocorreu o primeiro casa da Covid-19 no Brasil, sendo que tal vírus já estava presente no mundo. Entretanto, de uma maneira rápida, ele se espalhou de forma exponencial e atingiu a todos. Tal vírus já ceifou milhares de vida, sem ligar para raça, religião ou classe social.

E a situação apenas piora, isto é, foi registrada uma nova variante do vírus, na Califórnia, tal variante pode ser muito mais mortal. Já que ela propaga-se de maneira bem rápida e, pode prejudicar o efeito da vacina, de acordo com especialistas.

Os cientistas nomearam a estirpe como ‘o diabo’, logo após eles terem algumas descobertas alarmantes, de acordo com o The New York Times.

O apelido dela de fato é B.1.427/B.1.429 e foi encontrada pela primeira vez na Califórnia, EUA. Durante o período de inverno no país, entretanto, após isso, ela já foi identificada na Austrália, Dinamarca e outros países.

Como acontece com qualquer variante do vírus, a variante da Califórnia tem certas mutações já esperadas pelos cientistas, eles sabiam que tal ‘variação’ podiam conceder uma boa vantagem em relação ao vírus ‘original’.

Os dados seguem sendo apurados, por cientistas em todo o mundo, por isso os resultados oficiais ainda não foram divulgados. Quando concluída, deve-se publicar a pesquisa em revistas científicas.

Os cientistas recolheram 2.172 amostras do vírus, tais amostras foram ‘pegas’ entre Setembro e Janeiro. Durante tal intervalo de tempo, tal variante tornou-se a cepa mais mortal. A publicação preliminar deu conta, que a cepa era “pelo menos 40% mais eficaz a infectar células humanas”, se comparada a outras.

Charles Chiu, ele é líder do estudo e também especialista em vírus. O mesmo ponderou: o diabo já está aqui.

“Quem me dera que fosse diferente. Mas a ciência é a ciência.”

Ele e sua equipe pesquisou a fim de recolher dados acerca da mortalidade do vírus.

Copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *