Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Muitas pessoas se sentem cansadas o tempo todo, contudo, a maioria de nós tem uma rotina de sono rigorosa. Preparamos-nos para dormir muito antes de começarmos a nos sentir cansados. Colocamos nosso pijama, escovamos os dentes e fazemos uma rotina de limpeza da pele muito cuidadosa. Deixamos o celular na sala de jantar, onde ele costuma passar a noite, e nos retiramos para o quarto – calmo, suavemente iluminado e com temperatura perfeita – para rabiscar rapidamente alguma coisa no nosso diário da gratidão. Segue-se meia hora de leitura de ficção, até que apagamos as luzes lá pelas 11 horas da noite.

Oito horas e meia depois, nosso despertador toca e acordamos nos sentindo… cansados. Estamos no início da meia-idade, praticamos exercícios regularmente e, até onde sabemos, somos saudáveis. Por que, então, na maioria das manhãs, não conseguimos acordar com os olhos brilhantes e cheios de energia, depois de uma boa noite de sono?

A incrível sociedade das pessoas cansadas

Desvendando o Mistério: Por que Algumas Pessoas Se Sentem Cansadas o Tempo Todo?

Aparentemente, não somos os únicos nesta situação. Uma meta-análise de 2023 examinou 91 estudos de três continentes e concluiu que um em cada cinco adultos em todo o mundo sofre de fadiga generalizada que dura até seis meses, mesmo não apresentando condições médicas conhecidas.

Nos Estados Unidos, 44% dos mais de mil adultos pesquisados pela Fundação Nacional do Sono em 2019 afirmaram que se sentem sonolentos entre dois a quatro dias por semana. E uma pesquisa do instituto YouGov envolveu cerca de 1,7 mil pessoas em 2022 e concluiu que um em cada oito adultos britânicos se sente cansado “todo o tempo”, enquanto outros 25% estão exaustos “na maior parte do tempo”.

As mulheres têm mais probabilidade de se sentir fatigadas do que os homens, quer elas tenham filhos ou não. Esta mesma conclusão aparece em diversos estudos.

As mulheres têm um menor percentual de fibras musculares chamadas anaeróbicas, que produzem metabólitos associados à fadiga. Isso faria com que o cérebro receba menos impulsos nervosos originados nos músculos, acenando com menor fadiga periférica. Com menos impulsos nervosos, a fadiga central também seria menor.

No entanto, é importante lembrar que a fadiga é um fenômeno complexo e multidimensional, e sua experiência pode variar muito entre indivíduos. A fadiga pode ser influenciada por uma variedade de fatores, incluindo saúde física e mental, estilo de vida, e até mesmo fatores sociais e ambientais.

O Conceito de Cansaço

Portanto, o cansaço é uma queixa “muito, muito comum” entre os pacientes da médica da família Rosalind Adam, que trabalha em Aberdeen, no Reino Unido, há mais de uma década.

A condição é tão comum que o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido tem sua própria sigla para ela: TATT (“Tired All The Time”, ou “cansado o tempo todo”, em português). Mas, apesar da sua onipresença, a compreensão dos cientistas sobre a fadiga (incluindo suas causas, como ela altera o nosso corpo e o cérebro e sua melhor forma de tratamento) é incrivelmente limitada. Até a sua definição é complicada.

O cansaço é diferente do sono, que é “mais uma propensão a adormecer”, explica Adam. “Os dois estão relacionados, é claro, mas a fadiga é muito mais multidimensional.” “É uma espécie de conceito geral da sensação de cansaço”, afirma o professor de administração e comportamento organizacional Christopher Barnes, da Universidade de Washington em Seattle, nos Estados Unidos. Ele estuda como a falta de sono afeta o ambiente de trabalho.

Existem várias razões pelas quais as pessoas podem se sentir cansadas durante todo o dia. Aqui estão algumas possíveis explicações:

Contudo, a falta de atividade física regular pode contribuir para a sensação de cansaço.
Condições médicas como anemia, tireoide hipoativa ou infecções podem causar fadiga mesmo com sono adequado.
Nessa condição, a respiração para e retoma várias vezes durante a noite, interrompendo o sono e levando ao cansaço.
Diabetes tipo I, artrite reumatoide e lúpus são doenças autoimunes que têm o cansaço como um dos seus principais sintomas.
A anemia por deficiência de ferro pode levar ao cansaço, pois o ferro é essencial para que as células vermelhas do sangue levem oxigênio para os demais órgãos e tecidos.
A depressão é uma condição de saúde mental que pode levar ao cansaço constante.

Em suma, é importante lembrar que se você está se sentindo cansado o tempo todo, é recomendável procurar aconselhamento médico para descobrir a causa subjacente e obter o tratamento adequado. A fadiga constante não é normal e pode ser um sinal de uma condição de saúde subjacente que precisa ser tratada.

Leia mais: Covid-19 deixa o cabelo ralo? Entenda o que aconteceu com Zezé Di Camargo. Ver mais

Comentários estão fechados.