William Bonner tem escândalo com travesti exposto e se isola: “Vontade de chorar muito”

William Bonner tem escândalo com travesti exposto e se isola: “Vontade de chorar muito”. Quem segue e acompanha o âncora do Jornal Nacional sabe que na maioria das vezes o Jornalista só é visto atrás da bancada ou da telinha, mas nem sempre foi assim. Por mais que esteja presente na TV de forma formal, William Bonner já viu seu nome ser exposto em inúmeras polêmicas. Entretanto, o Jornalista do Jornal Nacional procura sempre manter sua vida íntima de forma discreta e afastada dos holofotes, mas que infelizmente é impossível esconder. 

No entanto, o esforço constante de manter o ‘padrão sério’ segue firme também pelo lado Jornalístico que William Bonner ocupa, o noticiário requer uma formalidade maior. Entretanto, apesar da serenidade, o Jornalista já se envolveu em polêmicas que ao longo dos anos marcaram sua carreira, acontecimentos esses que fogem do padrão ‘Bonner’ que você conhece. 

William Bonner tem escândalo com travesti 

O escândalo se deu quando Bonner, com seu jeito sério mesmo, teve de encarar uma notícia sobre a morte de Jane di Castro, que é uma artista LGBT+ e que faleceu em decorrência de um câncer. Ao prestar a homenagem em rede nacional, o jornalista fez uma pronúncia errada ao dizer “os” travestis ao invés de “as” travestis, no sentido feminino.  

Logo como nada a web perdoa, vários ativistas do movimento LGBT+ foram as redes sociais como forma de manifesto e cobrança por parte de William Bonner para que isso não volte acontecer com ele e com mais ninguém, no entanto é por isso que o movimento luta: igualdade e ser visto como “normal”. Na época, William nem chegou a se pronunciar sobre o assunto. 

ISOLADO

Quem o acompanha também sabe que William Bonner e o presidente da república, Jair Bolsonaro, vivem em um verdadeiro pé de guerra. Então, constantemente o jornalística tem sido atacado por apoiadores do governo Bolsonaro nas redes sociais e inclusive nas ruas. Em recente entrevista ao “Conversa com Bial”, o jornalista contou que tem se isolado da vida pública, evitando locais com muitas pessoas há dois anos para evitar esse tipo de confusão.

Segundo ele, esse ódio que tem recebido após as eleições ainda lhe assusta.

VONTADE DE CHORAR 

Talvez você lembre que uma certa época Bonner ficou longe das redes sociais e precisou de um tempo para fazer reflexões.  Logo após sua volta para mídia, se deparou com o massacre que teve na escola estadual em Suzano, acontecimento em 2019. Nesse sentido, William desabafou:

Muita vontade de chorar muito, muitas vezes, ao longo de um dia tão triste. Não uso mais isso aqui. Mas, hoje, senti necessidade de compartilhar esse peso que também os jornalistas tivemos que suportar em nome do dever profissional. E pronto. Está dito“. 

LEIA MAIS:

Copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *