Caso Henry: Jairo e Monique dormiam juntos no momento da prisão e tentaram jogar celulares pela janela

Caso Henry: Jairo e Monique dormiam juntos no momento da prisão e tentaram jogar celulares pela janela, vejam;

Um dos casos mais em alta no Brasil, está tendo uma reviravolta e tanta, onde os pais do menino Henry de de apenas 4 anos de idade, que foi levado já sem vida ao hospital, misteriosamente, acabaram tendo a prisão preventiva suspeitos de serem os culpados pela M0rte do garoto.

Caso Henry: Jairo e Monique dormiam juntos no momento da prisão e tentaram jogar celulares pela janela

A polícia afirma que Jairinho, padrasto da criança, teria já o espancado dias antes do crime, o que foi comprovado com conversas da empregada com a mãe do menino, que também está sendo investigada suspeita de omitir o crime.

Segundo as informações, os dois foram presos juntos, e ao perceberem a chegada dos agentes, tentaram jogar os aparelhos celulares pela janela, os aparelhos estãos sendo analisados.

Caso Henry: Jairo e Monique dormiam juntos no momento da prisão e tentaram jogar celulares pela janela

Mensagens da babá para mãe de Henry:

A policia teve acesso a uma troca de mensagens entre a mãe e a babá do menino henry, onde Thayna de Oliveira, narra para Monique as torturas realizadas por Dr Jairinho com a criança.

Nesse modo, na conversa a baba conta a Monique que o vereador se trancou no quarto com a criança e aumentou o volume da TV durantes alguns minutos.

Em seguida, a criança apareceu com marcas de leões e afirmou que recebeu uma rasteira e chutes na cabeça, reclamando de dores no local.

Caso Henry: Jairo e Monique dormiam juntos no momento da prisão e tentaram jogar celulares pela janela

Desse modo, esse caso de agressão aconteceu no dia 12 de fevereiro e segundo o delegado que está responsável pelo caso esses prints são provas bastantes relevantes. São suficientes para provar que as agressões eram constantes e que o lauda da morte da criança estava certo quando apontou sinais de violência.

Relembre o caso:

O menino teria sido levado para o hospital, junto ao seu padrasto e mãe, com marcas de lesões pelo corpo, e devido a hemorragia interna acabou vindo a óbito, a mãe do garoto e o padrasto disseram terem o encontrado caído no chão da sala, e foi aí que a polícia começou a desconfiar do caso.

SCHUMACHER seria a REENCARNAÇÃO de HITLER ? Leia os argumentos e deixe sua opinião !

Tragédia: Acidente entre ônibus e caminhão faz várias vítimas em Goiás

Copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *