Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Criança de dois anos morre após comer ovo em merenda escolar. “Ele ficou quase 1h sem… Ver mais

Segundo a família, a criança chegou a ficar quase 1h sem respirar.

Noah Pereira Portelo, uma criança de dois anos, estava na creche municipal no bairro Central Carapina, na Serra, Grande Vitória, quando um incidente ocorreu. Durante o horário da merenda, Noah se engasgou comer ovo. Segundo Joabson Oliveira, pai de Noah, o filho chegou a ficar quase uma hora sem respirar.

Tragédia: Criança de Dois Anos engasga após comer ovo

Todavia, quando Joabson, um motoboy de 25 anos, chegou na creche, Noah já estava sem reação. Os socorristas levaram a criança para o pronto socorro do bairro. Segundo o pai, apenas lá conseguiram desengasgar a criança. Devido à gravidade do estado de saúde, transferiram Noah para o Hospital Infantil em Vitória, onde ele permaneceu internado na UTIN.

De sexta-feira, quando Noah foi internado, até quarta-feira, Joabson e a mãe de Noah revezavam-se no hospital, acompanhando o pequeno guerreiro. Infelizmente, apesar de todos os esforços, Noah não resistiu e acabou falecendo.

Criança de dois anos morre após engasgar com ovo em merenda de creche no ES | Espírito Santo | G1

A Cidade em Luto

Portanto, a Prefeitura da Serra lamentou a perda da criança, que estudava no Centro Municipal de Ensino Infantil (CMEI) Central de Carapina. As aulas foram suspensas no CMEI Central de Carapina em respeito à memória de Noah. A Secretaria de Educação disse que se sensibiliza com a dor e está prestando toda assistência necessária à família.

A prefeitura informou que a criança recebeu os primeiros-socorros ainda na escola, por parte da equipe escolar. Tanto o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) quanto a família da criança foram acionados. A Secretaria de Educação afirmou que esteve presente durante todo o momento do socorro e que também estava acompanhando o caso no hospital.

Noah era o caçula de uma família com outros três irmãos, um de sete e outro de cinco anos. Agora, a família tenta se recuperar do luto, lembrando-se sempre do pequeno Noah, que, apesar de sua curta vida, deixou uma marca indelével em todos que o conheceram.

Engasgos em Crianças

Engasgos em crianças, especialmente aquelas com menos de cinco anos, são bastante comuns e podem ser perigosos. Eles ocorrem quando um objeto ou alimento bloqueia a passagem de ar nas vias respiratórias. Alimentos como ovo, amendoim, milho, uva, feijão, castanha, nozes, outras leguminosas e sementes são causas comuns de engasgo.

Quando o engasgo é parcial, a criança pode tossir e esboçar sons. Nesses casos, não se deve bater nas costas da criança, levantar os braços dela, ou colocar os dedos às cegas na garganta da criança, pois esses movimentos podem fazer com que o objeto que está causando o engasgo se mova e torne a obstrução completa. A criança deve ser incentivada a tossir e levada imediatamente ao serviço de emergência.

Quando o bloqueio é total, a criança não consegue esboçar qualquer som, está com falta de ar, e muitas vezes com os lábios arroxeados. Nesses casos, devem-se realizar algumas manobras de salvamento, em casa, pelos cuidadores.

Infelizmente, há casos trágicos, como o de uma criança de dois anos que morreu após se engasgar com um ovo durante o horário da merenda em uma creche. Esse caso destaca a importância de se estar preparado para lidar com situações de engasgo e a necessidade de supervisão adequada durante as refeições das crianças.

Por isso, é fundamental que os cuidadores estejam capacitados por cursos complementares para realizar as manobras de salvamento corretamente. Além disso, é importante prestar atenção aos alimentos e objetos pequenos ao alcance das crianças para prevenir tais incidentes.

Mantenha-se atualizado sobre os principais eventos no Brasil e no mundo, continuando a acompanhar nosso site.

Leia mais: Por que algumas pessoas se sentem cansadas o tempo todo?

Comentários estão fechados.