Notícias e Informações
Publicidade
Publicidade

Mulher perde a vida e companheiro é preso. “Câmera de segurança registra crime.

Francisca Alves Nascimento, de 35 anos, foi encurralada pelo suspeito.

Francisca Alves Nascimento, uma mulher de 35 anos, foi esfaqueada pelo companheiro em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá, e infelizmente veio a falecer na segunda-feira (15). Inicialmente, as câmeras de segurança capturaram o momento perturbador em que Marcelo Ochoa de Freitas, o suspeito, encurrala Francisca. Em seguida, ele agride sua companheira. Apesar de Francisca tentar reagir, Marcelo a impede. Finalmente, após o ataque, ele foge do local.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no Bairro Alvorada, aproximadamente às 20h, em frente ao Terminal Rodoviário do município. O Corpo de Bombeiros prontamente socorreu Francisca logo após o incidente, ela apresentava perfurações no pescoço, tórax e rosto. Infelizmente, apesar dos esforços, Francisca chegou ao Hospital São Lucas já sem vida.

Companheiro de Francisca é Preso Após Tentativa de Fuga

Segundo informações da Polícia Militar, Marcelo tentou embarcar em um ônibus. No entanto, populares detiveram Marcelo e, posteriormente, os militares o prenderam.

Ele confessou aos policiais que cometeu o crime motivado por uma suposta traição e término de relacionamento com a vítima. De acordo com a PM, o homem demonstrou frieza ao confessar o crime e, em momento algum, mostrou arrependimento.

Por fim, a Polícia Civil está investigando o caso como feminicídio. Vale ressaltar que Marcelo Ochoa já tinha antecedentes criminais por violência doméstica.

A Violência Doméstica: Um Problema Mundial Profundo e Persistente

A violência doméstica é um problema sério e infelizmente muito comum em todo o mundo. Ela pode ocorrer de várias formas, incluindo abuso físico, emocional, econômico e sexual. As vítimas podem ser qualquer pessoa em um ambiente doméstico, incluindo cônjuges, parceiros, crianças e idosos.

Lembre-se, é importante denunciar o crime de violência doméstica às autoridades competentes. Existem muitos recursos disponíveis para ajudar as vítimas, incluindo linhas diretas de emergência, abrigos e serviços de aconselhamento.

Se você ou alguém que você conhece está enfrentando violência doméstica, por favor, busque ajuda imediatamente. Lembre-se, ninguém merece ser vítima de violência.

 

Leia mais: Bebê levado por tornado é encontrado vivo na copa de uma árvore… Ver mais

Comentários estão fechados.