“Só mando produto que tem meu selo de qualidade”, diz homem suspeito de comandar tráfic0 de mulheres

"Só mando produto que tem meu selo de qualidade", diz homem suspeito de comandar tráfic0 de mulheres

“Só mando produto que tem meu selo de qualidade”, diz homem suspeito de comandar tráfic0 de mulheres, vejam;

A polícia federal, efetuou a prisão de uma quadrilha investigada por tráfic0 de mulheres, onde mais de 100 brasileiras sofreram explorações, e a indícios de que menores de idade também já foram descriminadas pela quadrilha.

Rodrigo Cotait, é o suposto responsável por escolher as jovens para a prática do crime, a princípio ele entrava em contato pelas redes sociais, alegando que seria dono de empresas de maquiagens ou agênciava modelos.

“Eu exporto mulher para tanto país: Estados Unidos, Oriente Médio, Austrália, Singapura, China, Nova Zelândia, Europa, Bolívia”, conta Cotait em um áudio.

O suspeito fazia negócios por fora do país, onde negociava as jovens para outros indivíduos, como se fossem algum produto, que aumentava o preço caso fossem muito bonitas e jovens, e também tivessem um grande número nas redes sociais de seguidores.

“Só mando viajar produto de exportação que tem meu selo de qualidade, ou seja, comprovei o material”, diz.

“Só mando produto que tem meu selo de qualidade”, diz homem suspeito de comandar tráfic0 de mulheres

Wissar Nassar, é um dos clientes da organização criminosa a muito tempo, e chegou a contratar várias menores de idade, que sem saber, acabavam indo para outro país sem retorno para exploração sexu*l.

“Eu paguei para ela. Eu paguei em ‘cash’, dinheiro. Fui sacar. A menina não tinha nem conta em banco, que ela tinha 17 anos… 16 ou 17 anos”, conta em um áudio.

A policia segue com as investigações do caso, a procura de mais pessoas envolvidas no esquema, que vem tendo grande repercussão no país, gerando a revolta de muitas pessoas.

Segundo as informações, uma cantora de funk famosa no Brasil já chegou a ser vítima da organização criminosa, pois quando era menor de idade, a cantora MC Mirella, também foi vítima de Wissar Nassar, que é dono de um shopping no Paraguai.

As autoridades alertam sobre propostas que mulheres recebem, já que isso pode se tornar um verdadeiro trauma, e pedem para que as mulheres revejam bem os acordos e façam negocia apenas com agências ou marcas de confiança, e também alertam para mais atenção dos pais com as menores nas redes sociais.

BBB 21: Jojo Todynho solta os cachorros pra cima dos fãs de Juliette, e fala: “aqui o sistema é outro”; Veja o vídeo

Boninho fica furioso e se pronuncia após eliminação de Gilberto: “Estou indignado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy