Babá de Henry havia alertado a mãe do menino sobre agressões do padrasto: ‘Toda vez ele faz isso’

Babá de Henry havia alertado a mãe do garoto sobre as agressões que ele sofria por parte do padrasto. É bem verdade que na manhã desta quinta-feira ocorreu a prisão do casal, isto é, da mãe e do padrasto do garoto. Que após longas 4 semanas de investigação, foi expedido o mandato de prisão de ambos. Que são acusados do óbito do pequeno garoto, a priori, alegaram que foi um acidente doméstico, todavia, as investigações dão conta de outra coisa.

O pequeno Henry tinha apenas 4 anos quando foi duramente agredido pelo vereador Jairo. Ele acabou vindo a óbito no último dia sete de março. Na ocasião, ele já encontrava-se na tutela de sua mãe, a professora Monique Medeiros. Que mantinha uma relação com o vereador Jairo. Ambos, antes, haviam afirmado que o garoto teria sofrido um acidente doméstico.

E após as investigações, tal versão foi desmentida pela polícia. E concluiu-se que Jairo bateu na criança de maneira violenta até ela chegar ao óbito. E o pior disso tudo era que a mãe do garoto sabia, isto é, tinha ciência dos fatos. Contudo, ela não fez nada a fim de evitar tal fato. Portanto, de certa maneira ela também participou no falecimento da criança. De uma maneira covarde.

E A BABÁ DE HENRY REVELA QUE HAVIA ALERTADO MONIQUE SOBRE AS AGRESSÕES

E para completar, a polícia relatou que a babá teria alertado a mãe do garoto acerca das agressões impostas pelo vereador. E quem em uma ocasião, Jairo trancou-se com o menino, a fim de agredi-lo. Mas antes, a babá havia mentido em depoimento falando que a relação era saudável, entre o garoto e o homem.

Em uma troca de mensagens entre a babá e a mãe do menino, a funcionária afirma que Jairo tinha ‘dado uma banda’ e chutado ele. Toda vez ele faz isso, pondera a babá. Monique pediu mais detalhes, então ela afirmou mais uma vez, que Henry havia falado que o padrasto tinha ameaçado ele.

LEIA MAIS

+ Homem perde a vida após descarga elétrica de fone de ouvido

Copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *