Caso Henry: Pai do menino desabafa e comove a todos; “Esta infeliz matou meu filho”

Caso Henry: Pai do menino desabafa e comove a todos; “Esta infeliz matou meu filho”

Com exatos 30 dias da m0rte de Henry Borel, o vereador Dr Jairinho e Monique medeiros, padrasto e mãe do menino, foram presos na manhã desta quinta-feira (8).

Nesse sentido, no dia 8 de março o pai da crianca, Leniel Borel, devolveu o filho para a mãe após terem passado o final de semana juntos.

Então, na madrugada Henry deu entrada em um hospital da barra da tijuca, porém já sem vida, a perícia até então apontou para uma hemorragia interna.

Contudo, depois de um mês de investigações para chegar em fatos verificou, a prisão do casal foi realizada na manhã desta quinta, após a polícia chegar a conclusão de que o padrasto torturou a criança e em seguida o mat0u

A polícia civil invadiu a casa de parentes onde estavam os dois e deu mandado de prisão para o casal. De acordo com a polícia, o casal estava atrapalhando as investigações, combinando e ameaçando as demais testemunhas.

Caso Henry: Pai do menino desabafa e comove a todos; “Esta infeliz matou meu filho”

O pai da criança, o engenheiro Leniel Borel, chorou ao saber da prisão do casal e lamentou não ter conseguido fazer mais pelo filho.
“Esta infeliz matou meu filho. Meu filhinho deve ter sofrido muito” disparou em uma entrevista.

Por fim, em seu perfil no instagram escreveu uma mensagem para filho que faleceu há 30 dias

“Desculpa o papai por não ter feito mais, lutado e protegido você” escreveu em suas redes sociais.

LEIA MAIS: 

+Fachin propõe que políticos religiosos tenham os mandatos cassados: “Igrejas se preparem porque haverá apertos e perseguição religiosa. Tirar Deus da democracia brasileira”, diz advogada.

+VÍDEO: Silas Malafaia escancara guerra com a Globo, expõe ligação feita na surdina e detona: “Tenho print”.

+Pastor Valdemiro ataca CATÓLICOS e debocha de quem é devoto a Maria Santíssima: “continuem obedecendo MARIA, que você será salvo”.

Copy

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *